Meu Negócio

Comprar à vista ou parcelado: qual a melhor forma para seu negócio?

comprar-a-vista-ou-parcelado

Um dos maiores desafios de todo gestor é encontrar o equilíbrio financeiro. Ou seja, aquela situação ideal em que o dinheiro que entra é suficiente para pagar todas as contas e compras e ainda sobrar o tão desejado lucro. Para chegar a esse ponto, entretanto, é necessário tomar uma série de decisões fundamentais para o negócio. Uma das mais importantes diz respeito a comprar à vista ou parcelado no dia a dia da empresa. 

São vários os fatores que influenciam essa questão e o gestor precisa avaliá-los com atenção antes de definir como pagar os seus fornecedores. Neste artigo, discutiremos pontos fundamentais que devem ser levados em consideração. Acompanhe!

Capital de giro

Este é um dos conceitos mais importantes para qualquer negócio. Capital de giro é o conjunto de valores necessários para que a sua empresa funcione, ou seja, o montante pago todo mês a fornecedores, colaboradores e etc.

É muito importante que a sua empresa consiga manter uma boa quantidade desse valor em caixa, acumulado para emergências. Assim, não fica dependente dos pagamentos do mês para fechar as contas. Se o seu capital de giro funciona bem, pode ser interessante pagar os fornecedores à vista, negociando melhores descontos. Entretanto, se você está descapitalizado, com pouco recurso em caixa, o melhor é parcelar as compras e conseguir um fôlego maior.

O tamanho do desconto

Negocie sempre! A tendência é que os seus fornecedores ofereçam descontos para o pagamento à vista e, muitas vezes, os valores podem ser bem mais interessantes. Então, antes de definir a forma de pagamento, avalie o tamanho do desconto.

Muitas vezes, negociar com diversos fornecedores um desconto à vista pode fazer uma diferença imensa nos gastos do fim do mês. Mas lembre-se, essa opção só deve ser considerada se você tiver um bom capital em caixa.

A sua necessidade

A definição sobre comprar à vista ou parcelado deve levar em conta, também, as suas necessidades específicas naquele momento. Por exemplo, pode ser que em determinado mês a sua empresa tenha a necessidade de adquirir muitos novos equipamentos. Nesse caso, o pagamento à vista de todos seria inviável, e é mais interessante parcelar e ter condições de operar as melhorias.

Os pagamentos dos clientes

Lembre-se sempre de considerar os seus recebimentos antes de decidir como comprar. Se a maioria dos seus clientes paga à vista, é provável que você tenha uma boa quantia em caixa para investir nas suas compras e obter melhores descontos. Já se os clientes parcelam, para não comprometer o seu capital de giro, talvez seja melhor parcelar também!

Os fatores nunca devem ser considerados de forma isolada e cabe ao gestor avaliar a realidade específica da sua organização antes de tomar uma decisão. Uma boa ajuda pode ser a calculadora do Banco Central do Brasil, que facilita perceber quando vale investir em uma compra à vista. Cuidar da saúde financeira da empresa é, sem dúvidas, um passo fundamental para o sucesso de um empreendedor.

Agora que você já sabe o que levar em conta antes de decidir se deve comprar à vista ou parcelado, é só negociar com os seus fornecedores e organizar as suas finanças.

Lembre-se que ter o orçamento em dia é fundamental para o sucesso da sua empresa. Cuide com atenção desse ponto e se diferencie ainda mais dos seus concorrentes. E não deixe de compartilhar conosco a sua experiência. Para você, vale mais comprar à vista ou parcelado? É só postar uma resposta nos comentários!

Sobre o autor

Guadaim

Guadaim

Desde 2006, a Guadaim incentiva quem quer ser dono do próprio negócio e ver sua empresa crescer. Nosso blog traz conteúdos para você seguir o melhor caminho e se tornar um empreendedor de sucesso!

Share This