Meu Negócio

Afinal, o que faz um monitor de festa ou de parquinho?

Guadaim
Escrito por Guadaim

Nas festas infantis não pode faltar diversão. E para isso, é necessário disponibilizar brinquedos, jogos e atividades recreativas. No entanto, para que as crianças possam aproveitar ao máximo, todo o evento deve ter um monitor de festa para garantir a segurança delas.

Conforme a norma NBR 15859, estipulada pela Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT), é obrigatória a presença de um monitor tanto em festas quanto em parquinhos com grande circulação de crianças.

Esse profissional é um aliado dos proprietários de casas de festas e dos próprios pais, uma vez que eles podem ficar tranquilos, com a certeza de que os seus filhos estão bem cuidados.

Quer saber mais? Confira, abaixo, qual é a função do monitor e qual a sua importância para o seu negócio!

O que o monitor de festa faz?

O monitor é responsável por promover a utilização correta dos brinquedos em festas, buffet infantis e parquinhos. Ele também pode realizar atividades recreativas, tendo como finalidade entreter os pequenos.

Basicamente, esse profissional garante a diversão das crianças, propondo e coordenando brincadeiras, ajudando-as a aproveitar os brinquedos. Para tal, ele utiliza técnicas que as mantêm seguras e interessadas no evento.

Algumas das principais tarefas do monitor são:

  • ficar atento à aglomeração de crianças nos brinquedos;

  • orientar sobre o uso correto do brinquedo;

  • assegurar que a idade indicativa para cada brinquedo seja respeitada;

  • separar os pequeninos por faixa etária e propor as brincadeiras apropriadas para cada grupo;

  • formar filas e monitorar o tempo de uso dos brinquedos, possibilitando a rotatividade de crianças e mantendo a festa organizada;

  • ajudar na montagem e desmontagem dos brinquedos;

  • atuar na conservação dos brinquedos.

Qual a importância desse profissional?

A contratação do monitor de festas é essencial para trazer tranquilidade e conforto para o seu cliente. Isso porque ele acompanha as crianças nas brincadeiras, evitando possíveis acidentes.

Dessa forma, os pais ficam satisfeitos com o serviço prestado e, por consequência, o seu negócio fica livre de transtornos que poderiam lhe trazer prejuízos. Com isso, a sua empresa também disponibiliza um atendimento diferenciado, saindo na frente da concorrência.

Sem falar que, pelo fato de ter alguém que zela pelos brinquedos, você aumenta a durabilidade dos equipamentos, tendo menos gastos com manutenção ou reposição de itens.

Quando contratar monitores?

Geralmente, esse tipo de profissional é contratado para festas e parquinhos quando há a realização de atividades mais estruturadas ou de brinquedos que necessitam da supervisão de um adulto, como cama elásticatobogã inflável e futebol de sabão.

Para eventos de grande porte, é indispensável o auxílio de monitores para primar pela organização do local bem como pelo segurança do público infantil.

Quem pode ser um monitor de festa?

Na hora de contratar um monitor de festa é necessário tomar alguns cuidados, pois não é qualquer um que pode exercer essa função. Para ser um bom profissional, é imprescindível apresentar capacitação por meio de treinamento para lidar com crianças e conhecimentos sobre brincadeiras infantis para diferentes faixas etárias.  

Portanto, para garantir que os seus eventos sejam bem-sucedidos é recomendável selecionar um monitor de festa que goste de brincar e interagir, que seja paciente e esteja atento a tudo que acontece ao seu redor.

 Gostou deste post? Então não deixe de nos seguir nas redes sociais para mais conteúdos como este! Estamos no Facebook, no Instagram, no YouTube e no Twitter.

 

Sobre o autor

Guadaim

Guadaim

Desde 2006, a Guadaim incentiva quem quer ser dono do próprio negócio e ver sua empresa crescer. Nosso blog traz conteúdos para você seguir o melhor caminho e se tornar um empreendedor de sucesso!

Share This