Meu Negócio

Como abrir um pequeno negócio no ramo infantil?

Guadaim
Escrito por Guadaim

Uma possibilidade de negócio que oferece amplo retorno de seus investimentos é no ramo infantil. São muitas as possibilidades para se trabalhar com crianças, cada uma mais divertida e rentável que a outra — afinal, muitos pais não medem esforços para agradar seus pequenos. Você já pensou nisso?

Se você quer investir o seu dinheiro em um empreendimento para as crianças, precisa conferir nossas dicas de como abrir um pequeno negócio no ramo infantil!

Como escolher a área de atuação da empresa?

A primeira coisa a se pensar é sobre o nicho de atuação de sua empresa no ramo infantil. São muitos os elementos com os quais você pode trabalhar, desde alimentação, vestuário, até boas e inovadoras ideias para o lazer e mais diversão. Conheça, a seguir, algumas áreas afins nas quais você pode se inspirar:

Recreação infantil

Espaços e pessoas especializadas em recreação infantil estão cada vez mais em alta. Uma boa ideia é investir em brinquedos para alugar para festas e eventos. Você pode optar, por exemplo, por adquirir uma cama elástica, um pequeno tobogã e outros tipos de brinquedos que a criançada adora e fazem sucesso em festas e eventos.

Você também pode montar um espaço para que os pais levem as crianças para brincar. Nesse caso, vale ressaltar a necessidade de uma infraestrutura física segura e de ter mais funcionários fixos que sejam treinados para cuidar dos pequenos.

Buffet infantil

Outro tipo de pequeno negócio rentável é o buffet infantil. Cada vez mais esse tipo de serviço vem sendo requisitado nos eventos e principalmente em festas de aniversário das crianças.

É possível trabalhar com alguns pratos e petiscos para os adultos e caprichar na comilança para a criançada. Ótimas ideias são oferecer carrinhos de pipoca, mini-salgadinhos, algodão doce, crepes, churros, batata frita, mini-pizzas, cachorro quente e outras comidas típicas que combinam com uma festa infantil. Monte cardápios temáticos e que possam ser personalizados de acordo com temas específicos — os temas podem variar desde a festa junina até uma “convenção de super-heróis”.

Se você dispõe de um montante inicial maior para investir, que tal unir o espaço de recreação ao salão de buffet?

Loja virtual

Se você deseja um negócio para trabalhar na tranquilidade de seu lar ou escritório, invista em lojas virtuais para o público infantil. Você poderá vender diversas mercadorias para as crianças, como roupas, brinquedos, e até mesmo móveis para o quarto. Para se destacar na área, você pode oferecer produtos exclusivos ou customizáveis. 

Se essa for sua opção, procure alguém especializado em marketing digital para ajudá-lo a montar o site e as campanhas.

Como investir no ramo infantil?

O investimento varia conforme o negócio escolhido. Na recreação infantil, por exemplo, você precisará comprar diversos brinquedos diferentes para começar a trabalhar. Com o tempo, certamente você precisará adquirir mais alguns para atender a mais clientes, além de submeter os equipamentos a cuidados e revisões regulares. É importante fazer treinamento de pessoas capacitadas para o cuidado dos equipamentos e das crianças no momento da atividade ou recreação, proporcionando segurança para os itens e para as atividades desenvolvidas durante os eventos.

Uma boa dica é listar tudo o que precisará com urgência. Os demais itens podem ser classificados de acordo com a prioridade. Dessa forma, você será capaz de abrir um pequeno negócio rapidamente!

Vale lembrar que, no início, todo negócio rende um lucro menor, e os recursos podem demorar a retornar, já que você investirá boa quantia de dinheiro. Mas não se desespere! Logo você poderá colher todos os frutos de seu pequeno negócio.

O que é preciso para abrir uma empresa?

Abrir uma empresa nem precisa ser tão burocrático hoje em dia, ainda mais quando se trata de um pequeno negócio.

Uma possibilidade para pequenos empreendedores é formalizar-se como MEI — ou seja, como microempreendedor individual. Esse formato de negócio é voltado para empresas autônomas e pequenas, de um titular apenas, para que os proprietários possam se regularizar rapidamente e pagar poucos tributos. Se você quiser saber como fazer isso, acesse o artigo: “Como abrir uma microempresa individual: saiba o passo a passo”.

E você? Tem alguma ideia inovadora sobre como abrir um pequeno negócio no ramo infantil? Gostaria de compartilhar experiências? Deixe um comentário!

Sobre o autor

Guadaim

Guadaim

Desde 2006, a Guadaim incentiva quem quer ser dono do próprio negócio e ver sua empresa crescer. Nosso blog traz conteúdos para você seguir o melhor caminho e se tornar um empreendedor de sucesso!

Share This