Meu Negócio

Segurança nas festas infantis: 4 dicas essenciais

Guadaim
Escrito por Guadaim

A segurança nas festas infantis deve ser o primeiro critério avaliado na hora de oferecer diversão para os pequenos. Afinal, qualquer descuido pode gerar danos irreparáveis — tanto para as crianças quanto para o seu próprio negócio. Mais do que divertimento, brinquedos recreativos e boa comida, as suas festas também precisam ser lembradas como referência em segurança para o público infantil.

Preocupar-se em prever possíveis situações que podem acontecer e trabalhar para evitá-las é fundamental para impedir a ocorrência de acidentes que coloquem a integridade física das crianças em risco — principalmente em eventos com brinquedos. Além disso, adotar estratégias de segurança também contribui para que a sua empresa seja reconhecida pelos clientes como uma prestadora de serviço responsável e de confiança.

Confira, abaixo, quais são as 4 dicas essenciais para garantir que as festas infantis do seu estabelecimento sejam um sucesso!

1. Confira se possui avaliação do corpo de bombeiros

Antes de qualquer coisa, a primeira medida para prover uma festa infantil é verificar se os equipamentos de combate a incêndio estão dentro da data de validade, funcionando corretamente e se as saídas de emergências estão com indicações explícitas e bem localizadas.

Por isso, é imprescindível solicitar a visita anual do corpo de bombeiros de sua cidade para avaliar se o seu estabelecimento está seguindo todas as normas de segurança. Ao receber o documento atestando a vistoria e a autorização para trabalhar, procure deixá-lo bem visível para os seus clientes, indicando que eles e os seus filhos podem se divertir em um espaço totalmente seguro.

2. Certifique-se de que os brinquedos estão em bom estado de conservação

Os brinquedos das festas infantis devem cumprir a sua principal finalidade, que é divertir sem causar nenhum tipo de transtorno. Sendo assim, certifique-se de que todos os brinquedos estejam protegidos por materiais adequados, macios e que sejam capazes de absorver o impacto causado por trombadas e quedas.

Borrachas, EVA e espumas são os materiais mais indicados para revestir os brinquedos com superfície duras e quinas. Se você oferece brinquedos altos, proteja-os com redes e telas para evitar quedas, além de revestir o piso com um dos materiais citados anteriormente.

Todos os brinquedos devem informar os limites de idade e de peso permitidos. Essa medida simples impede que as crianças maiores brinquem nos espaços das pequenas e acabem machucando-as, ainda que sem intenção. Sem falar que também é possível evitar que o brinquedo apresente algum dano ou rompimento, de modo a comprometer a integridade física do público infantil.

Está gostando do nosso artigo? Clique aqui e receba conteúdos incríveis como este!

3. Tenha o número certo de monitores treinados para aumentar a segurança nas festas infantis

Os monitores são adultos cuja responsabilidade é conduzir as crianças nas brincadeiras coletivas e brinquedos — a presença deles é indispensável nas festas infantis. Dessa forma, todos os participantes podem aproveitar o evento sem preocupações.

O número de monitores deve ser proporcional à quantidade de convidados para a festa. Por exemplo, é preciso ter um monitor para cinco crianças de 2 a 3 anos, um adulto para um público de quinze pequeninos com idade entre 4 a 6 anos, e um monitor para grupos de até vinte pessoas, para crianças de 7 a 11 anos.

4. Trabalhe de forma preventiva e não corretiva

Trabalhar de forma preventiva significa agir em um problema antecipadamente, para não lidar com as consequências de possíveis acidentes. Se você disponibiliza brinquedos eletrônicos, procure deixar a rede elétrica em dia por meio de manutenções, para que não ocorram curtos-circuitos. Se o espaço tem tomadas aparentes e que não estão em uso, o ideal é tampá-las.

As janelas altas devem ser protegidas com telas. Além disso, conte com um segurança na porta para impedir invasões — ou que alguma situação indesejada ameace a paz do evento —, e uma recepcionista na porta do estabelecimento para garantir que apenas os convidados entrarão.

Prezar pela segurança nas festas infantis é crucial para que todos os eventos sejam bem-sucedidos e deixem apenas boas lembranças para os seus clientes, o que é um grande passo para fidelizá-los à sua empresa.

Gostou desse post? Clique aqui assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos diretamente no seu e-mail!

Sobre o autor

Guadaim

Guadaim

Desde 2006, a Guadaim incentiva quem quer ser dono do próprio negócio e ver sua empresa crescer. Nosso blog traz conteúdos para você seguir o melhor caminho e se tornar um empreendedor de sucesso!

Share This